Aldeias

Lagar de Varas / Posto de Turismo

Idanha-a-Velha

Idanha-a-Velha

Grande edifício térreo, restaurado e musealizado. Desconhece-se a data da sua construção. Será dos finais do século XIX, como parece demonstrar a data de 1895 gravada numa candeia aqui utilizada. No entanto, a data de 1755 gravada num bloco das paredes das tulhas parece indicar que já existia um lagar anterior. Há também elementos de lagares reutilizados nas paredes. O lagar é um espaço rectangular dividido em três salas distintas: sala das tulhas e pio, sala das prensas de varas e sala da bagaceira. A entrada de serviço localizava-se num dos palheiros do topo nascente do edifício. Este palheiro e outro contíguo serviam de abrigo aos lagareiros e aos animais que moviam as galgas. O lagar foi adquirido pela Autarquia de Idanha-a-Nova à família Marrocos, para a qual laborou outrora em exclusividade até 1959. A partir de 2008 passou a albergar também o Posto de Informação turística como serviço de apoio a todo o Complexo Museológico.