Aldeias

Igreja da Misericórdia

Linhares da Beira

Linhares da Beira

A Igreja da Misericórdia ergue-se no local da antiga paróquia de Santo Isidoro. Vestígios românicos podem ver-se no portal lateral em arco quebrado e na fresta que ilumina a capela-mor. Em 1576 acolheu a Misericórdia sofrendo remodelações até ao século XVII. A Igreja de Santo Isidoro é mencionada na taxação de 1320 e dela subsiste, como marca mais assinalável, o portal lateral com um tímpano decorado geometricamente. Apesar das alterações de que foi sendo alvo, em especial nos inícios do século XVII (1622), esta igreja oferece alguns detalhes de muito interesse, como a justaposição de diversas estruturas, o corpo do campanário, a igreja e a sacristia. De nave única e três altares, o seu teto tripartido de madeira pintada e a capela-mor, revestida de caixotões também de madeira pintada, convidam a uma visita atenta. O coro, em madeira, tem um púlpito de talha que ainda mantém as escadas de acesso. No pavimento, há dois túmulos com as respetivas epígrafes, sendo um deles de 1610. Como pontos de interesse assinalam-se ainda um inquietante Cristo articulado e algumas pinturas que geralmente se atribuem à escola de Grão Vasco, com destaque para a "Adoração" e a "Fuga para o Egipto". Nela se depositam, igualmente, as bandeiras da Misericórdia que desfilam, ainda hoje, nas procissões.