Aldeias

Igreja de São Vicente

Castelo Mendo

Castelo Mendo

A Igreja de São Vicente ou Igreja da Misericórdia, de raiz românica, data do século XIII, com intervenções posteriores, provavelmente nos séculos XVI e XVII, revela, pontualmente, influência maneirista. Encontra-se situada no segundo núcleo intramuros e apresenta planta longitudinal composta pela nave e pela capela-mor retangular. Do seu interior faz parte um teto de madeira de alfarge com vigas apoiadas em cachorros de cantaria. Podem observar-se várias pedras sepulcrais antigas no pavimento do interior desta igreja. Considerando a carta de foral outorgada por D. Dinis e a provável coincidência com a formação do segundo núcleo amuralhado, supõe-se que foi no século XIII que se instituiu a paróquia. Por volta de 1519 o campanário surge representado nos desenhos de Duarte de Armas. Nos finais do século XVI houve uma possível reforma do templo, tendo em conta a cronologia habitual dos tetos mudéjares. A Capela de Nossa Senhora da Conceição, no interior da igreja, foi construída em 1684 para servir de túmulo de Manuel Sarinho de Brito. No século XVII deverá ter ocorrido uma remodelação das fachadas, atendendo às características dos portais. Os retábulos em talha foram, possivelmente, colocados entre os finais do século XVII e a primeira metade do século XVIII. Em 1758 a paróquia constituía uma vigaria da apresentação do Convento de São Vicente de Fora de Lisboa, tendo sido extinta em 1834.