Aldeias

Pelourinho

Belmonte

Belmonte

Pelourinho revivalista do tipo heráldico, com três degraus octogonais e fuste igualmente octogonal. Desprovido de capitel, integra escudo em forma de prensa enquadrado por moldura retangular e encimado pela inscrição 'TVD: PA, Este seria o brasão de Fernão Cabral e significará “Tudela Passus" e liga-se a uma lenda segundo a qual o Senhor de Belmonte preferiu assistir ao esmagamento da filha numa prensa a entregar o castelo ao inimigo. Esta estrutura é uma reconstrução novecentista (1986), já que o primitivo pelourinho foi demolido em 1885, aquando a regularização do largo. Restam ainda alguns fragmentos deste pelourinho que nos podem reportar para a classificação do tipo gaiola, construído, possivelmente no século XVI, após conceção de carta de foral por D. Manuel I.