Aldeias Históricas de Portugal

Villages

Castelo

Monsanto

Monsanto

Désolé, cet article est seulement disponible en Portugais Européen et Anglais Américain. Pour le confort de l’utilisateur, le contenu est affiché ci-dessous dans la langue par défaut du site. Vous pouvez cliquer l’un des liens pour changer la langue du site en une autre langue disponible.

Após a Reconquista da linha do Tejo em 1149, parte do esforço da sua defesa coube à ordem do Templo. Para tal sobem o Tejo e, chegando à atual Beira Baixa, fletem para nordeste seguindo o rio Ponsul, onde pela construção de vários castelos formam uma barreira às incursões muçulmanas. Monsanto, doado em 1165, foi um dos primeiros lugares fortificados – sobre anterior castelo muçulmano – no âmbito desta operação, ainda que em 1172 regresse à Coroa. A esta fase românica, hoje vagamente reconhecível na cidadela, sucedeu uma grande e reformadora campanha gótica, entre os finais do século XIII e inícios do seguinte, encastelando totalmente o cume. Foi poupado a obras durante a Guerra da Restauração, mas foi durante remodelado no século XIX. Um vasto restauro nas décadas de 1940/50 trouxeram, por vezes de forma discutível, o castelo à forma atual.